REALIZAÇÕES DE 2014

BENEFICIÁRIOS:

  • No ano foram assistidas 22 crianças e 10 famílias de crianças acolhidas e de egressas.

 

ALIMENTAÇÃO:

  • São fornecidas às crianças quatro refeições por dia (café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar).
  • No ano, foram fornecidas 14.787 refeições e 17.342 lanches às crianças e aos 10 funcionários.
  • Foram consumidas cerca de 10,2 toneladas de alimentos.

ASSISTÊNCIAS MÉDICA, ODONTOLÓGICA E PSICOLÓGICA:

TIPO DE ATENDIMENTO QUANTIDADE
Médico 66
Odontológico 69
Psicológico:
em grupo
individual
a funcionários
213
92
4
Vacinação 55
Exame laboratorial 29
Terapias alternativas (florais e reiki) 185

 

EDUCAÇÃO E LAZER:

  • 8 crianças frequentaram a Escola Classe Sítio das Araucárias.
  • Todas as crianças participaram de atividades educativas na própria instituição, com ajuda de voluntários.
  • Foram realizados 10 passeios com as crianças (cinema, teatro, parque de diversão, clube recreativo etc.).
  • Houve 74 encontros, na própria instituição, com grupos de pessoas (brincadeiras diversas, teatro de fantoche, lanches especiais, cama elástica e visitas de convívio, oficinas de pintura e de cozinha e comemorações de datas diversas).
  • Foram oferecidas diversas sessões de filmes infantis e educativos em DVD, na própria instituição.
  • Diariamente as crianças participaram de brincadeiras (bola, bicicleta, jogos de quebra cabeça, brinquedos diversos, parquinho, queimada, amarelinha, etc).

 

COMEMORAÇÕES:

  • Além da comemoração na própria data, foram promovidas festas comemorativas dos aniversariantes do mês.
  • Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Páscoa.
  • Festa Junina promovida pela instituição.
  • Festa de Natal com entrega de presentes por Papai Noel.

 

FORTALECIMENTO DE LAÇOS FAMILIARES:

  • As crianças receberam, na instituição, 108 visitas de seus familiares.
  • Houve 8 saídas de crianças em companhia de seus familiares.
  • Foram realizadas 24 visitas às famílias pela equipe técnica da entidade e 12 encaminhamentos de familiares à rede de assistência.

 

DESLIGAMENTO DE CRIANÇAS ACOLHIDAS:

  • 3 crianças retornaram ao convívio familiar e 1 foi liberada em processo de adoção.

 

EVENTOS BENEFICENTES:

  • Foram realizados 2 jantares beneficentes com distribuição de prêmios: Clube Asbac (março) e Minas Tênis Clube (novembro).

 

TRABALHO VOLUNTÁRIO:

  • 55 pessoas atuaram como voluntárias, dedicando parte de seu tempo disponível a atividades diversas na instituição. De forma permanente: 3 diretores. Semanalmente: 3; mensalmente: 49 (5 grupos); esporadicamente: 1 médico, 1 dentista e 1 psicóloga.

 

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA:

  • Foram gerados 10 empregos diretos com o funcionamento da instituição: 1 psicóloga, 1 assistente social, 4 cuidadoras (mães sociais), 1 cozinheira, 1 lavadeira/passadeira, 1 profissional de serviços gerais e 1 trabalhador rural.

ASPECTOS FINANCEIROS

RECEITAS ANUAIS

 

TIPO DE RECEITA VALOR EM R$ PARTICIPAÇÃO %
Eventos beneficentes 118.573,91 38,6
Mensalidade dos associados 83.787,11 27,3
Doações ocasionais 57.661,11 18,8
Doações em produtos 47.087,92 15,3
TOTAL 307.110,05 100,0

 

 

DESPESAS ANUAIS

 

TIPO DE DESPESA VALOR EM R$ PARTICIPAÇÃO %
Recursos Humanos 195.250,51 59,2
Administrativas 14.725,14 4,5
Assistência social (alimentação, educação, saúde) 60.735,35 18,4
Atividades de apoio 32.482,57 9,8
Provisões (depreciações de bens) 28.465,50 8,6
Outras despesas operacionais 2.710,83 0,8
Despesas/receitas financeiras (-) 4.419,21 (-) 1,3
TOTAL 329.950,69 100,0

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Em 2014 a instituição completou dez anos com trabalhos de acolhimento de crianças carentes e em situação de risco, tendo atendido a 107 crianças no período. Destas, 60 retornaram ao convívio familiar (56 %), 19 foram adotadas (18%), 10 foram transferidas para outras instituições e 18 permanecem acolhidas. A média de tempo de permanência das crianças, no serviço de acolhimento, nesse período, foi de 16,9 meses.

O novo sistema de trabalho implantado para as funcionárias contratadas como mães sociais, com regime de 24 horas de trabalho por 24 horas de descanso, tem despertado maior interesse pela função, uma vez que estas passaram a ter condição de participar da vida de suas próprias famílias de forma mais assídua. Isso também tem proporcionado maior atenção e dedicação delas com as crianças acolhidas e contribuído para o aumento do tempo de permanência no emprego. Hoje temos quatro funcionárias no desempenho da função, sendo uma desde 2006 (nove anos); outra desde 2008 (sete anos); e duas contratadas em 2014.

Não foi possível cumprir a meta de construção de mais duas casas, uma vez que a liberação dos recursos captados pela instituição, por meio do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente (FDCA), ainda depende do cumprimento, pelo Lar, de exigências feitas pela Unidade de Gestão de Fundos – Ungef, da Secretaria da Criança e do Adolescente do GDF, como: posse de alvará de construção a ser emitido pela Administração de Sobradinho e manifestações autorizativas da Caesb e do Ibram.

A instituição agradece a todos que contribuíram de forma direta ou indireta para as realizações alcançadas, ao tempo em que manifesta o desejo de continuar contando com o comprometimento e a dedicação de todos na busca do sucesso das atividades programadas para o ano de 2015.