REALIZAÇÕES DE 2013

BENEFICIÁRIOS:

  • Durante o ano de 2013 foram assistidas 18 crianças e 11 famílias de crianças acolhidas e de egressas.

ALIMENTAÇÃO:

  • São fornecidas às crianças quatro refeições por dia (café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar).
  • No ano, foram fornecidas 11.062 refeições e 13.982 lanches às crianças e aos funcionários (dez).
  • Para isso foram consumidas cerca de 8,9 toneladas de alimentos.

ASSISTÊNCIAS MÉDICA, ODONTOLÓGICA E PSICOLÓGICA:

TIPO DE ATENDIMENTO QUANTIDADE
Médico 53
Odontológico 11
Psicológico (227 sessões em grupo e 74 individuais) 341
Vacinação 37
Exame laboratorial 20
Terapias Alternativas (Florais e Reiki) 189

EDUCAÇÃO E LAZER:

  • Sete crianças frequentaram a Escola Classe Sítio das Araucárias.
  • Todas as crianças tiveram atividades educativas na própria instituição, com ajuda de voluntários.
  • Foram realizados 13 passeios com as crianças.
  • Houve 68 encontros, no próprio Abrigo, com grupos de pessoas (brincadeiras diversas, teatro de fantoche, lanches especiais, cama elástica e visitas de convívio).
  • Foram oferecidas diversas sessões de filmes infantis e educativos, em DVD e VHS, no próprio abrigo.
  • Diariamente as crianças participaram de brincadeiras (jogar bola, andar de bicicleta, jogos de quebra cabeça, brinquedos diversos, parquinho, queimada, amarelinha, etc).
  • Houve também encontros com atividades lúdicas (6), de leituras (6) e “fazendo a minha história” (10).

COMEMORAÇÕES:

  • Além da comemoração na própria data, foram promovidas festas comemorativas dos aniversariantes do mês.
  • Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Páscoa e Festa Junina.
  • Festa de Natal com entrega de presentes por Papai Noel.

FORTALECIMENTO DE LAÇOS FAMILIARES:

  • As crianças receberam, no abrigo, 222 visitas de seus familiares.
  • As crianças saíram com seus familiares em 27 oportunidades.
  • Foram realizadas 24 visitas às famílias e prestados 92 atendimentos a elas pela equipe técnica da Instituição.
  • Foram assistidas 11 famílias pela Instituição, com orientação da equipe técnica e distribuição de alimentos, material de higiene, limpeza e escolar.

EVENTOS BENEFICENTES:

  • Dois jantares beneficentes com distribuição de prêmios e bazar com produtos novos doados pela Receita Federal: AABB (Abril) e Clube Naval (Agosto).
  • Diversos bazares de produtos seminovos realizados em parceria com a Creche Tia Hilda no Varjão.

TRABALHO VOLUNTÁRIO:

  • Trinta e nove pessoas atuaram como voluntários dedicando parte de seu tempo disponível em atividades diversas no Abrigo:
    • permanente: 3 diretores;
    • semanal: 11 pessoas;
    • quinzenal: 7 pessoas;
    • mensal: 14 pessoas;
    • esporádica (quando necessário): 2 médicos, 1 dentista e 1 psicóloga.

GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA:

  • Foram gerados 10 empregos diretos com o funcionamento do Abrigo (1 psicóloga, 1 assistente social, 4 cuidadoras/educadoras, 1 cozinheira, 1 lavadeira e passadeira, 1 serviços gerais e 1 trabalhador rural).

ASPECTOS FINANCEIROS
RECEITAS ANUAIS:

TIPO DE RECEITA VALOR EM R$ PARTICIPAÇÃO %
Eventos beneficentes 103.562,60 40,44
Contribuições mensais 72.536,04 28,33
Doações ocasionais 36.036,10 14,07
Doações em produtos 42.895,47 16,75
Doações anônimas e aplicação financeira 1.038,00 0,41
TOTAL 256.068,21 100,0

DESPESAS ANUAIS:

TIPO DE DESPESA VALOR EM R$ PARTICIPAÇÃO %
Recursos Humanos 181.778,85 58,92
Administrativas 20.788,00 6,74
Atendimento à criança (alimentação, educação, saúde) 49.177,54 15,94
Suporte Operacional 26.886,64 8,71
Provisões (depreciações de bens) 29.905,05 9,69
TOTAL 308.536,08 100

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A Instituição vem cumprindo o seu objetivo. Durante o ano foram assistidas 18 crianças e 11 famílias. Foram fornecidas 25.044 refeições (lanches, almoço e jantar) às crianças acolhidas e aos funcionários, utilizando-se cerca de 8,9 toneladas de alimentos na elaboração dessas refeições. Foi também distribuída 1,5 tonelada de alimentos às famílias assistidas.

No início de 2013, havia doze crianças acolhidas. Durante o ano foram acolhidas mais seis e desligadas nove, remanescendo assim nove crianças acolhidas no final do ano. Das crianças liberadas durante o ano, sete retornaram ao convívio familiar e duas saíram em processo de adoção.

Não foi possível cumprir a meta de construção de mais duas casas em 2013, uma vez que a liberação dos recursos captados pela Instituição através do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente – FDCA está dependendo do cumprimento de exigências feitas pela Unidade de Gestão de Fundos – UNGEF da Secretaria da Criança e do Adolescente do GDF como: autorização da SPU, alvará de construção pela Administração de Sobradinho e manifestações da CAESB e do IBRAM, dentre outras.

A Instituição agradece a todos que contribuíram de forma direta ou indireta para as realizações alcançadas em 2013, ao tempo em que manifesta o desejo de continuar contando com o comprometimento e a dedicação de todos (diretores, funcionários e voluntários) na busca do sucesso das atividades programadas para o ano de 2014.